RSS

Fortaleza de São José do Macapá

0 Comentários | Esta postagem foi publicada em Nov 01 2013

A Fortaleza de São José de Macapá está localizada no município de Macapá, capital e maior cidade do estado de Amapá. A construção da fortaleza se prolongou por 18 anos e foi inaugurada em 1782, no mesmo dia do santo padroeiro de Macapá, São José. Às margens do Rio Amazonas, a fortaleza também recebeu o nome de seu patrono. A história da construção se iniciou em 1690, quando o governador António Albuquerque determinou o reforço da guarda do extremo norte.

A construção da Fortaleza de São José de Macapá envolveu soldados, oficiais, canteiros, artífices e também trabalhadores africanos e indígenas.

O conjunto da fortaleza ocupa uma área de 84 mil metros quadrados. Apresenta planta no formato de um polígono quadrangular regular, em estilo Vauban de fortificação, classificada como oitava classe.

  • Fortaleza – Vista da Fortaleza de São José de Macapá.
  • Rio Amazonas – Imagens interativas ao longo do calçamento junto à margem do Rio Amazonas e à Fortaleza de São José de Macapá.
  • Casa do Artesão – Visite virtualmente a Casa do Artesão e o Museu do Índio.
  • Trapiche Eliezer Levy – O Trapiche Eliezer Levy, possui  472 metros de comprimento e por muito tempo foi o ponto de chegada e saída da cidade de Macapá. O Trapiche Eliezer Levy é uma das atrações turísticas da cidade. Também é possível visualizar nesta foto 360 o complexo Beira-rio e, ao final da via, a fortificação. Visite as imagens interativas e faça um giro de 360 graus por diversos pontos de interesse na capital do estado do Amapá.

Estação Ferroviária de Guararema

0 Comentários | Esta postagem foi publicada em Oct 26 2011

A estação ferroviária de Guararema pertence ao município de Guararema (SP), localizado no Vale do Paraíba e pertencente à região Metropolitana da cidade de São Paulo. Foi construída por fazendeiros do Vale do Paraíba, então chamada de Parahyba e posteriormente de Guararema. O primeiro trecho aberto levava até a SPR (São Paulo Railway ou popularmente “Ingleza”) no Brás, em São Paulo e de lá até a Penha. Em 1877 a linha foi estendida até Cachoeira Paulista, de onde, com bitola métrica (ferrovia de bitola estreita) ligava-se à Estação Ferroviária Dom Pedro II, que vinha do Rio de Janeiro e era de propriedade do Governo Imperial.

O nome Parahyba se deve ao fato da estação estar muito próxima à ponte de ferro sobre o rio Paraíba.

Navegue por fotos imersivas em 360 graus pelo prédio da estação, atualmente utilizado como museu municipal e Guararema.

  • Estação Ferroviária de Guararema – Foto360 da estação, onde hoje funciona o museu municipal em Guararema.
  • Ponte de Ferro – Ponte de Ferro que deu nome à estação por passar sobre o Rio Paraíba, em fotografia panorâmica.
  • Lateral – Vista lateral da antiga estação, hoje muito bem concervada.
  • Praça – Faça um tour virtual em volta da estação. Nesta imagem é possível visitar a praça que fica na parte de trás da estação.
  • Cruzamento – Foto 360 do cruzamento da via férrea, do outro lado do Rio Paraíba.
  • Praça – Ao fundo a estação.