RSS

Aeroporto Internacional de Cabo Frio

0 Comentários | Esta postagem foi publicada em Jan 24 2015

O Aeroporto Internacional de Cabo Frio é um aeródromo público de classe 2-D e está localizado no município de Cabo Frio (RJ). Seguem algumas características técnicas do aeroporto:

Indicador ICAO: SBCB
Indicador IATA: CFB
Tipo de aeródromo: Público
Classe do aeródromo: 2-D
Latitude: 22º55`15,39” S
Longitude: 42º04`16,91” W
Elevação: Cabeceira 10 2,70m e Cabeceira 28 6,60m
Designação da pista: 10/28
Dimensões da pista: 2550 m x 45 m
Natureza da pista: Asfalto
Resistência do pavimento: PCN 76/F/C/X/T
Condições operacionais: IFR e VFR (diurna noturna)
Pátio de embarque e desembarque: 30.400m²
Superfície: Asfalto
Resistência 76 F/C/X/T/GROOVING
Indicador de direção de pouso: Biruta (iluminada)
Farol rotativo: Sim
Categoria Contra Incêndio – (RFFS) 9
Características: Alternada (Verde/Branco/10 Seg./400.000 Candle Power)
NDB: Freqüência de 200 kHz e com alcance de aprox. 25 milhas
Casa de força: existente como recomendado pela ANAC
Horário de funcionamento: do nascer ao pôr do Sol – funcionamento noturno a pedido
Órgão meteorológico: ESM3/CMA3
O aeroporto está homologado pela ANAC.

Usina Hidrelétrica de Itaipu

0 Comentários | Esta postagem foi publicada em Apr 09 2013

Localizada no Rio Paraná (15km ao norte da Ponte da Amizade), na fronteira entre o Brasil e o Paraguai, a Usina Hidrelétrica de Itaipu é a maior usina geradora de energia do mundo e foi construída entre 1975 e 1982. É um empreendimento binacional administrado pelo Brasil e pelo Paraguai. Foi eleita uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno.

O nome Itaipu significa “barulho do rio das pedras” no idioma tupi e se deve a uma ilha que existia próxima à barragem cujo nome era esse.

A represa ocupa uma área de 1350km², desde os municípios de Foz do Iguaçu e Cidad del Este até Guaíra e Salto del Guairá, 150km ao norte.

A usina gera aproximadamente 90 TWh anualmente. Possui 20 unidades geradoras de setecentos megawatts cada. A potência de geração de Itaipu é de 14 mil megawatts. Em 2012 a produção chegou a mais de 98 milhões de megawatts-hora (MWh).

A grandiosidade da Usina de Itaipu, sendo uma obra muito conhecida internacionalmente, incentiva a atividade turística de um dos destinos turísticos mais importantes do Brasil, Foz do Iguaçu. Itaipu já recebeu milhões de visitantes de todo o mundo. A usina permite a visitação de suas instalações tanto internamente como externamente.

  • Condutos forçados – Fotos 360 dos condutos forçados, com 10 metros de diâmetro cada um.
  • Rio Paraná – Vista 360 do alto. Pode se observar o Rio Paraná que segue após a passagem das águas por Itaipu.
  • Represa – Visão da represa. Fotos com giro de 360° ao longo da via sobre a barragem.
  • Corpo de bombeiros – Com uma frota própria de veículos e equipamentos para atendimento.
  • Itaipú – Faça um tour virtual 360 ao longo das vias do complexo de Itaipu. Diversas imagens imersivas ao longo das vias, de onde é possível verificar a grandiosidade das estruturas e construções.
  • Mirante central – Ponto de observação para turistas. Faça uma visita virtual ao mirante central de Itaipu.
  • Condutos forçados – São 20 condutos forçados. Ao longo do tour virtual podem ser visualizados parte destas estruturas.
  • Parque dos funcionários – Uma tradição que ocorre em Itaipu é o plantio de árvores com o nome de funcionários que completam 15 anos de serviços na usina. Veja em fotos de 360 graus as áreas verdes do complexo e pequenas placas. Também autoridades que visitam Itaipu são homenageadas desta forma.
  • Usina de concreto e Pedras – Esta área foi utilizada para a fabricação de concreto e pedras para a construção de Itaipu. Uma curiosidade era a fábrica de gelo existente, para evitar a secagem rápida da massa de concreto, devido ao calor em determinadas épocas.
  • Vertedouro da Hidrelétrica de Itaipu – Faça uma imersão nesta imagem panorâmica localizada no mirante que permite a observação do vertedouro da hidrelétrica. O vertedouro está no outro lado do Rio Paraná.
  • Escritório Central – Aqui funciona o escritório central do complexo de Itaipu. Diversas outras imagens em 360 graus podem ser abertas ao longo das vias de acesso. Utilize as setas de navegação do aplicativo interativo para percorrer toda a área.
  • Central telefônica – Central telefônica e praça da central telefônica.
  • Bloco 5 e 7 – Bloco 5 e 7
  • Parque Tecnológico de Itaipu – O Parque Tecnológico Itaipu (PTI) foi criado em 2003 pela Itaipu Binacional. Por meio das fotografias 360, visite o polo científico e tecnológico.

Cidade do Samba – Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro

0 Comentários | Esta postagem foi publicada em Feb 07 2011

Localizada na Zona Portuária, entre os bairros da Gamboa e Santo Cristo, a “Cidade do Samba” é um complexo que reúne os quatorze barracões das escolas de samba do grupo especial do Rio de Janeiro. As obras foram iniciadas no ano de 2003. O conjunto de barracões está sendo usado desde 2005 (para o carnaval de 2006). Cada barracão possui 4 pisos destinados para diferentes propósitos envolvendo diversos serviços técnicos para montagem de carros alegóricos e fantasias e áreas administrativas e operacionais. das escolas. O complexo da Cidade do Samba conta ainda com áreas de lazer, refeitórios, restaurantes, bares, palcos para realização de eventos, shows e exposições.

  • Rua da Gamboa – Foto 360 exibindo parte da Cidade do Samba, a partir da Rua da Gamboa.
  • Edifício Garagem – Registrada na Rua Rivadávia Correia, foto imersiva indicando o edifício de estacionamento da Cidade do Samba.
  • Rivadália Correia – Vista em 360 graus do fundo dos barracões ao longo da Rua Rivadália Correia.
  • Vila Olímpica – Faça um tour virtual entre a Vila Olímpica da Gamboa e a Cidade do Samba.
  • Cemitério dos Ingleses – Foto em giro 360 graus em frente ao cemitério dos Ingleses, o cemitério de protestantes mais antigo no Brasil.
  • Barracões – Vista panorâmica de diversos barracões.
  • Mocidade – Fotos 360 com detalhe para o barracão ocupado pela escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel.
  • Portaria Gamboa – Portaria com acesso pela Rua da Gamboa.
  • Entrada de veículos – Foto 360 indicando a entrada do estacionamento da Cidade do Samba.

Incêndio:

Em 07 de fevereiro de 2011 um incêndio atingiu alguns barracões da Cidade do Samba. Devido aos materiais inflamáveis contidos no local, o fogo se alastrou rapidamente, atingindo quatro barracões, sendo eles das escolas: Portela, Grande Rio e União da Ilha do Governador . Também o barracão da LIESA (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) foi destruído.